Disfunção Erétil – Entenda como tratar.

Na grande maioria dos casos, é impossível encontrar uma causa clara de disfunção erétil; portanto, a terapia é sintomática, e não causal. O mais importante no diagnóstico da disfunção eréctil é história, para eliminar ou confirmar se a disfunção eréctil não é um sinal de doença grave geral. O tratamento da disfunção erétil deve ser simples, disponível com rápido início de ação e efeito a longo prazo. Um método de primeira linha altamente eficaz e seguro é a farmacoterapia oral para a maioria dos pacientes. Os inibidores da fosfodiesterase tipo 5 tratam a disfunção erétil na grande maioria dos casos.

A disfunção erétil é definida como incapacidade persistente (por um período de persistência superior a 6 meses) de desenvolver e manter uma ereção que permita relações sexuais satisfatórias. Nós dividimos as disfunções eréteis em físicas (vasculares, neurológicas, endócrinas, diabéticas, anatômicas) e psicológicas. Na maioria dos casos, é impossível encontrar uma causa clara de disfunção erétil, por isso seu tratamento é sintomático e não causal. O mais importante no diagnóstico da disfunção erétil é uma anamnese, o objetivo é descartar ou confirmar se a disfunção erétil não é um sintoma de doença grave total. O tratamento da disfunção erétil deve ser simples, acessível, com ação rápida da droga e efeito a longo prazo. O método altamente eficaz e seguro da primeira escolha de um paciente é farmacoterapia oral.

Definição de disfunção erétil

A disfunção erétil (DE) é definida como uma incapacidade persistente (de pelo menos seis meses) de atingir e manter uma ereção que permita relações sexuais satisfatórias. A falha situacional pontual ou a interrupção transitória não é um problema sério e não requer terapia. O tratamento é indicado quando ocorre um distúrbio em mais de um quarto da tentativa de relação sexual. As causas de disfunção eréctil são na maioria dos casos origem orgânica (80%), cerca de 20% é puramente causas psicogénicas. (1, 2) extensão psíquico ocorre em todos os casos de problemas de ED piores. Em tais casos, falamos de uma causa psicogênica secundária.

Disfunção erétil

O Massachusetts Male Aging Study afirma que alguma forma de disfunção erétil afeta até 52% dos homens com idade entre 40 e 70 anos.  A incidência da disfunção eréctil tende a ser mais comum em grupos etários mais velhos, mas ocorre numa idade mais jovem. Estima-se que apenas 10% dos homens com disfunção erétil procuram ajuda profissional. Muitos pacientes não sabem onde esses problemas devem ser abordados e para que médicos devem recorrer.

Mecanismo de ereção, classificação de transtornos de disfunção erétil, fatores de risco

A ereção é um fenômeno neurovascular complexo sob controle hormonal parcial. É facilitado pela dilatação das artérias, relaxamento dos músculos trabeculares lisos e ativação do mecanismo venocclórico coronal. Os mediadores mais importantes dessas reações são o NO (óxido nítrico) e o cGMP (monofosfato de guanosina cíclico). A tumescência genital ocorre na estimulação sexual através de estímulos psicogênicos centrais ou irritação local direta dos genitais sensitivos sensíveis, na maioria das vezes por combinações dos mesmos. Os distúrbios de ereção são divididos em orgânicos (por exemplo, vascular, neurogênico, endócrino) e psicogênicos. Nós distinguimos entre desordens primárias (presentes desde o início da vida sexual) e desordens secundárias (depois de uma vida sexual satisfatória anterior).

A disfunção erétil pode ser completa ou parcial, pode envolver todos os parceiros (generalizada) ou ser seletiva ou relacionada a um determinado período de doença psiquiátrica ou somática. Ocorre tanto em heterossexuais como em homossexuais, mas também em pessoas com diferentes desvios sexuais. A disfunção eréctil (excitação sexual) pode ser combinado com baixo desejo sexual (frigidez) orgasmo auditivos satisfação disfuncional ou disfunção ejaculatorial diferente (ejaculação precoce, tardia) ou ocorrem de forma totalmente independente. A disfunção erétil também ocorre com envolvimento congênito ou adquirido da parte superior do corpo devido a lesões, cirurgia, radiação e muitos outros distúrbios somáticos e psiquiátricos. Entre as causas mais graves de disfunção erétil de origem vasculogênica estão a aterosclerose. (6) Outros principais fatores de risco de DE incluem a hipertensão.

Conclusão

A prevalência de Disfunção Erétil(DE) é relativamente alta na população. Depende da saúde geral e da idade do paciente. No diagnóstico de causas de DE, procuramos principalmente investigar os fatores de risco e ver se a DE é um sintoma de outra doença grave que colocaria em risco o paciente. O tratamento da disfunção erétil é sintomático. A estabilização da doença subjacente pode retardar o agravamento de problemas sexuais, mas não resolve a disfunção erétil sozinha. A satisfação com a sua própria vida sexual é uma parte essencial do sentimento de saúde geral e é um dos fundamentos da coabitação.

Adquira já – Herus Caps  – E acabe com o fantasma da impotência.

Celulite, como tratar?

A celulite é provavelmente o problema urgente mais comum encontrado por quase todas as mulheres do nosso tempo. Começa com capilares danificados e piora a drenagem linfática. Pode causar inchaço e acúmulo de produtos metabólicos nos tecidos, resultando em distúrbios distróficos.

O que é celulite e como ela surge?

A celulite se manifesta principalmente nas coxas e nádegas. Mas algumas mulheres podem até notar a celulite em seu abdômen. Para a aparência característica dos caroços causados ​​pelo aumento no volume de células adiposas, às vezes é apelidada de pele laranja. Nós reconhecemos vários estágios. Nas áreas afetadas, o fluxo sanguíneo e linfático é restrito. Pode causar inchaço e acúmulo de produtos metabólicos nos tecidos, resultando em distúrbios distróficos. Vale a pena notar não só nos primeiros sinais. Aqui também há um senso de prevenção. Celulite não tratada pode até causar o último estágio, que é doloroso, para causar muitas outras doenças.
Mesmo nos estágios iniciais, no entanto, esta é uma questão muito pouco saudável que muitas mulheres estão com problemas e é a causa de sua baixa auto-estima. É relatado que até 90% da população feminina sofre com isso, pode piorar durante o climatério, a puberdade, mas também durante a gravidez. E, de longe, só poderá afetá-lo se você estiver com excesso de peso. Mulheres lentas também são afetadas por esta doença.

Qual tratamento é mais eficaz se eu quiser me livrar da celulite?

Tratamentos de celulite podem ser parcialmente alcançados por dieta adequada, que envolve movimento, um regime de bebida suficiente, em qualquer caso, você deve ter álcool e evitar fumar. Embora a aparência da sua pele seja definitivamente uma redução de peso positiva para o valor ideal, não é uma solução universal e dietas drásticas devem ser evitadas na luta pela figura ideal. Um estilo de vida pouco saudável também faz com que o problema surja em mulheres de idade ainda mais jovem. Ao mesmo tempo, é aconselhável não se preocupar muito com a celulite, porque o estresse também é agravado pelo estresse.
No entanto, muitos outros fatores, incluindo a influência de hormônios ou predisposições genéticas, estão por trás disso. Os hormônios são, além disso, a causa das mulheres serem afetadas com muito mais freqüência do que os homens pelo problema descrito. Ao mesmo tempo, sua pele é caracterizada por um arranjo diferente do tecido subcutâneo que corre paralelo e perpendicular à sua superfície.

Existem maneiras específicas de ajudar na remoção de celulite?

No mercado há uma grande variedade de produtos de beleza que prometem eliminar a celulite, mas especialistas de dermatologistas e nutricionistas concordam que o melhor produto no combate a celulite é o Renova31.  As promessas de remoção de 100% da celulite por meio desses produtos são uma realidade.

Como corrigir a celulite usando RENOVA31

Utiliza os mais modernos instrumentos para o tratamento da celulite, que é principalmente o líder no desenvolvimento deste método. Consiste numa combinação que ajuda a regenerar a pele e, ao mesmo tempo, a tornar o paciente mais confortável. O tratamento não faz mal e é ainda caracterizado como agradável. Como não é um procedimento invasivo, não o elimina da vida cotidiana e não é necessária uma recuperação.

Como evitar a queda precoce do cabelo?

Se você sentir que seu cabelo está caindo muito mais do que o normal, cuidado. Pode haver muita perda de peso, uma doença, mas também uma dieta inadequada que não tem minerais ou vitaminas. Voltar a ter cabelo saudável pode ser feito com uma dieta saudável, um tratamento capilar ou uma pequena cirurgia estética.

 

Perda excessiva de cabelo pode ser evitada com o uso de Hairlux !

Mesmo se você sentir a diferença na qualidade do seu cabelo, isso não vai te machucar. A melhor condição tem cabelo humano em torno da puberdade, então eles começam a desbotar e afinar e perdem seu volume. É lógico, portanto, que depois dos trinta eles caiam ainda mais.

Primeiros socorros na perda de cabelo. O cabelo caindo é mais conhecido quando você divide o pé no meio da cabeça e compara os lados direito e esquerdo. Seu cabelo deve ser simétrico. Se eles não são simétricos e há uma grande diferença entre eles, isso é o que pode ser dito da perda excessiva de cabelo. Roupas cobertas com pelos e grandes fivelas na crista geralmente não são boas. Pelo contrário. Isso pode significar que há algo errado com o seu corpo .Perda de peso, cirurgia e estresse machucam o cabelo.

É importante ver se o cabelo solto tem uma raiz ou é puxado para fora do seu comprimento. Se você encontrar mais cabelo com uma raiz e você vai ver a perda de cabelo, mesmo na área onde o cabelo está caindo da testa, é importante entrar em contato com um cabeleireiro ou dermatologista . O aumento da perda de cabelo é considerado como perda de mais de 100 cabelos por dia.Pode haver várias causas. Cada um deles pode ocorrer separadamente, mas muitas vezes eles estão relacionados e relacionados. Pode ser uma doença infecciosa, passando por cirurgia, ou passando uma dieta de emagrecimento , uma perda repentina de peso.

Perda excessiva de cabelo também pode ocorrer quando se toma ou quando você interrompe a contracepção oral, também pode ser devido a situações estressantes, pode ocorrer após febre alta e por último mas não menos importante, pode ocorrer durante a gravidez ou pós-parto. Além disso, o cabelo pode cair mais por causa do uso de vários medicamentos e, finalmente, a perda excessiva de cabelo também pode indicar uma doença mais grave ou prolongada da tireóide, fígado ou rim. Geralmente ocorre 2-3 meses depois de ter resolvido uma ou mais das causas acima.

Assim que perceber a sua queda de cabelo e quiser descobrir a causa, lembre-se do que você tem consumido nos últimos meses.Fique atento a sua dieta pois a perda de cobertura capilar pode estar associada à falta de vitaminas, especialmente ferro. Na farmácia, vale a pena comprar suplementos alimentares contendo ferro e zinco, depois com uma alta proporção de silício ou mentionina.

Melhorias na condição geral do cabelo – reduzindo sua perda, maior brilho e vitalidade – devem ser observadas em aproximadamente 3-4 meses após o uso diário desses suplementos. Além dos suplementos de farmácia gratuitos, você poderá saborear seu próprio menu. A dieta deve ser variada e equilibrada, rica em vitaminas e minerais. Mas escolha alimentos ricos não só em ferro e zinco, mas também em fósforo, aminoácidos e proteínas. Adicione as leguminosas, peixe, vários tipos de nozes e sementes, aveia e, claro, tantas frutas e legumes quanto possível.

Para vitaminas em forma de nozes, sementes ou frutas, seu cabelo certamente agradecerá.As leguminosas contêm muitos benefícios à saúde, incluindo o fósforo que beneficia os cabelos.

Perda de cabelo excessiva também pode contribuir para o uso de cosméticos de cabelo incorretos . Você deve se concentrar em produtos que evitam acidentes, especialmente produtos que contenham queratina. No entanto, outras substâncias de suporte, como o pantenol, o extrato de alecrim e lúpulo, ou taurina – a fonte de energia natural , ajudarão . Estas substâncias facilitam a produção de fatores de crescimento enquanto fortalecem e nutrem o cabelo.Shampoo especial e spray para o couro cabeludo. É importante primeiro começar com um xampu especial que limpe o couro cabeludo.  O produto também deve estimular o crescimento do cabelo, nutrir, fortalecer e acalmar o couro cabeludo, acrescentando que a perda de cabelo intensa deve ser adicionado o cuidado e manutenção é pulverizador auxiliar ou espuma que adiciona volume. Com o uso a longo prazo destes produtos, o cabelo ficará mais cheio, mais espesso e não deverá cair tanto.

A partir de tratamentos estético-dermatológicos, esse problema de queda de cabelo pode ser resolvido, por exemplo, por mesoterapia. Durante o tratamento, o Dermaheal HL, que contém fatores de crescimento, células-tronco, vitaminas e outras substâncias ativas, é aplicado diretamente na pele. Juntamente com os principais nutrientes, as raízes do cabelo recebem o impulso de regenerar o cabelo. O couro cabeludo fica melhor irrigado e o cabelo fica mais grosso, mais forte e brilhante.

Conheca o Hairloss Blocker

Falta de sexo prejudica a sua Saúde!

Para muitos, o sexo é a melhor diversão e relaxamento ao mesmo tempo. É uma atividade que pode deixar você de bom humor depois de um dia duro no trabalho. Parece, no entanto, que muitas vezes esquecemos todos os benefícios que o sexo regular nos traz.

Muitas pessoas nem percebem que esta é uma atividade realmente saudável, e sua falta às vezes pode ter consequências negativas. Mantenha seu apetite sexual em alta com o Power Blue. Nós lhe damos 8 razões pelas quais você deveria fazer sexo regularmente:

Aumenta as defesas do organismo

Seu sistema imunológico está diretamente ligado à sua atividade sexual. Se você não faz sexo há muito tempo, o sistema imunológico sofre. Devido ao fraco sistema imunológico, bactérias e outros organismos prejudiciais entram no seu corpo com mais facilidade. É por isso que, se você não faz sexo regularmente, é mais provável que você fique doente. Para manter sua imunidade em alto nível e melhorar sua saúde, é bom fazer sexo regularmente.

Sexo diminui o stress

Se você não faz sexo há muito tempo, ficará mais estressado. O sexo é ótimo para redução do estresse. Durante o sexo, seu corpo produz menos hormônios do estresse. Não é de admirar que você se sinta tão relaxado depois do sexo, certo? Faça sexo e não deixe o nível de estresse atingir um nível crítico. O estresse é provavelmente a causa mais comum de por que as pessoas estão doentes. Alguns médicos dizem que o estresse é atualmente um dos maiores assassinos do mundo.

Evita problemas com a potência

Se você é sexualmente abstinente, você terá um problema de ereção com mais freqüência. Nunca deixe passar, tenha cuidado, faça sexo regularmente e nunca deixe desaparecer o desejo de sexo. Este é um dos prazeres que seu corpo necessita, sua saúde está em jogo.

Impacto nos sonhos

A maioria das pessoas que não fazem sexo há muito tempo registra sonhos alterados. Sonhos ruins podem indicar que você sofre de falta de sexo. Tudo isso sugere que é hora de fazer algo sobre isso. Seu subconsciente lhe diz o que você precisa. Não o ignore!

Você está perdendo o desejo por sexo no tempo

Se você não faz sexo há muito tempo, seu corpo responde reduzindo hormônios sexuais. Um sintoma é menos desejo por sexo depois de um período mais longo de abstinência. Outro sintoma é o seu apetite sexual – será estranho e diferente do que antes. Tudo isso é devido à falta de hormônios sexuais. Você precisa desses hormônios e a melhor maneira de mantê-los é sexo regular.

Alienação de um parceiro

A falta de sexo em um relacionamento nunca faz nada de bom. De fato, ambos os parceiros se alienam. Dormir na mesma cama pode reduzir essa distância. Nunca deixe seu parceiro se sentir indesejável e indesejado. Ao fazer sexo, você cuidará das necessidades do outro e se aproximará.

Influência na autoestima

A falta de sexo pode fazer você se sentir menos desejável, e isso pode ter um impacto sério em sua autoestima. Essa ausência de sexo pode levar a sentimentos de tristeza ou até mesmo depressão. Todas essas coisas juntas podem realmente ter um efeito ruim na sua saúde geral. De fato, a influência da falta de sexo na autoconfiança foi comprovada cientificamente. Além disso, também está comprovado que o sexo ajuda as pessoas a superar a depressão. Se você se sentir triste ou deprimido, em algum momento, o sexo é um dos antidepressivos mais úteis para você.

Maior risco de câncer

Acredite ou não, mas a abstinência sexual a longo prazo expõe os seres humanos ao risco de desenvolver câncer de próstata. Isto acontece por várias razões, tais como o aumento dos níveis de stress, depressão, falta de hormônios associados com a abstinência sexual, etc.  Após o sexo, o risco de câncer de próstata é significativamente reduzido.

Essa é uma boa motivação para trabalhar em sua vida sexual, não é? É simples: Cuide do seu corpo e seu corpo cuidará de você.De Sexo ao seu corpo e isso não apenas melhorará sua saúde, mas também o fará mais feliz.